O que é preciso saber para evitar problemas em voo internacional?

Planejamento é a palavra de ordem para quem não pode perder tempo e está sempre viajando. Na circunstância de voo internacional, então, a atenção precisa ser redobrada, porque há uma série de cuidados que garantem que você não passe aperto longe de casa — onde encontrar soluções e ajuda é naturalmente mais difícil.

Algumas atitudes devem ser colocadas em pauta para que isso nunca aconteça com você. Que tal continuar comigo nesta leitura e evitar problemas em voos de escala internacional? Veja a seguir os pontos importantes!

Chegue ao aeroporto com antecedência

A primeira ação certeira para evitar problemas é a seguinte: chegue ao aeroporto com antecedência. Assim, possíveis erros de percurso podem ser solucionados sem que você seja impedido de embarcar por isso.

Tenha sempre os seus documentos à mão. Ao passar na polícia federal, por exemplo, passaporte e cartão de embarque são imprescindíveis. Faça um checklist de todas as informações importantes que você já reuniu e garantir que não esqueceu de nada quando a hora de sair do país se aproximar.

Providencie os documentos importantes

Além do usual (sua identidade, passaporte, cartão de embarque, visto etc.), há alguns documentos específicos que são necessários carregar, de acordo com o seu destino. Bons exemplos disso são os comprovantes de vacinação.

Pesquise sobre as documentações obrigatórias para entrar no país no qual você vai, além de se informar sobre surtos de doenças na região e questões desse gênero.

Conheça a cultura local para saber como se portar

O povo brasileiro é muito aberto e alegre, isso é sabido no mundo todo. Contudo, embora essas qualidades sejam evidentes para nós, pessoas e órgãos de outros países podem interpretar isso de uma maneira diferente.

Há alguns hábitos que podem desclassificar você como turista bem-vindo. Principalmente em viagem para países com cultura muito distinta da nossa, como no oriente médio, por exemplo, é ideal procurar pelos costumes, a fim de não desrespeitar nenhuma regra ou atividade.

Lide com a imigração de forma respeitosa

Nas viagens internacionais, é necessário passar pela imigração. Nesse momento, a dica de ouro é pesquisar sobre a cultura local para não cometer nenhuma gafe, como fazer piadas (quando isso é mal visto), não ser cordial, falar muito alto, não manter uma certa distância etc.

Em países como a Alemanha, por exemplo, é totalmente indelicado não dizer “bom dia”. Então, se informe. Além disso, reservas de hotel, seguro viagem, passagens de volta e tudo mais que for requerido deve ser apresentado nesse momento ao passar pela imigração, portanto, esteja preparado.

Responda de maneira objetiva todas as perguntas que o agente fizer. Caso não fale bem o idioma local, não se preocupe: receber pessoas que não são habituadas à língua regional é comum e provavelmente haverá um responsável para ajudar.

As perguntas geralmente se resumem ao motivo da sua viagem, quanto dinheiro está levando, quanto tempo pretende ficar etc. Nunca minta.

Prepare a bagagem para o voo internacional

O seu passaporte vai ser requerido diversas vezes no processo de viagem internacional. Por isso, mantenha ele em sua bagagem de mão, bem como os demais documentos importantes. Você pode separar tudo numa pastinha, para não se perder com o restante dos itens.

Vale lembrar que o limite de bagagem varia de acordo com a companhia aérea, por isso, as regras precisam ser consultadas na empresa em questão.

No momento de passar pelo detector de metais e no raio-X, um agente devidamente credenciado vai orientar você: ouça atentamente e siga os procedimentos. Itens como computadores e tablets passam em bandejas separadas. Tire absolutamente tudo de seus bolsos.

Deixe o que não é bem-vindo

Nenhum produto que seja líquido (ou pastoso) e tenha mais de 100 ml pode ser carregado, mesmo que seja apenas água ou um shampoo. Objetos cortantes, pontiagudos e elementos explosivos ou inflamáveis (como isqueiros), tóxicos ou químicos, também são proibidos.

Caso você precise levar remédios, informe-se com antecedência sobre o que é ou não previsto no seu transporte (para algumas medicações é necessário ter a receita médica em mãos).

O voo internacional não necessariamente é mais complicado ou traz mais problemas que o voo doméstico. O segredo é estar informado, e isso você já está, não é mesmo?

Essas dicas são fundamentais para quem vai viajar para fora do país e quer evitar problemas. Por isso, compartilhe este post nas redes sociais e ajude seus amigos a fazerem viagens mais tranquilas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados

1 Comentário

Fale o que você pensa

Translate »