o que é jet lag

Veja o que é jet lag e como não sofrer desse mal-estar

Você sabe o que é jet lag? Esse termo é muito conhecido pelos viajantes de plantão. Resumidamente, esse fenômeno pode ser descrito como um desconforto biológico dado por causa de alguma troca de fuso horário, causada por qualquer mudança na rotina de sono, refeições etc. em viagens internacionais.

Traduzindo o termo para o nosso “bom e velho” português, jet lag — uma expressão americana — corresponde a algo como “descompensação horária”. Deu para entender? Acompanhe!

Quais são as causas e efeitos do jet lag?

Esses episódios podem ser explicados por conta da programação do corpo humano, que está pré-determinado a fazer diversas tarefas em 24 horas. Quando o ciclo natural é quebrado por conta de viagens aéreas internacionais, que geralmente acontecem em altas velocidades e por longos períodos de tempo, o tal “relógio biológico” se descompensa.

Os sintomas podem variar de acordo com o viajante, mas o que é certo é que esse problema compromete o aproveitamento da viagem, seja ela feita por diversão nas férias ou até por trabalho. É fato que, quando os sintomas típicos do jet lag aparecem, como a fadiga, irritação, dores de cabeça, cansaço e até insônia, a programação do passeio fica afetada.

Você já sofreu dos efeitos do jet lag? Fique tranquilo: o sofrimento vai acabar, já que hoje eu trouxe algumas dicas para que você não passe mais por isso. Ficou curioso? Siga a leitura!

O que fazer para evitar o jet lag?

Pois bem, se você já sofreu com isso ou se conhece alguém que passou pelos desconfortos dados pelo jet lag, certamente já ficou sabendo sobre alguns truques para driblar os tais efeitos.

Saiba que o segredo, para que os artifícios funcionem, é que eles devem estar baseados em, nada mais, nada menos, que na adaptação do corpo para o novo horário. Veja mais sobre os “dribles” nos sintomas do jet lag nos próximos tópicos!

Descanse antes da viagem

Não pense que, estando programada a sua viagem e por isso você ficará sentado na poltrona do avião por muitas horas seguidas, você não precisa dormir na noite anterior à viagem. Muito pelo contrário, para evitar o cansaço e a fadiga, supercomuns no jetlag, você deve ter uma excelente noite de sono. Portanto, para aproveitar depois, descanse e esteja muito relaxado antes de embarcar no avião.

Reorganize seus horários

Lembra-se daquele segredo inicial que falei no começo do post? Este tópico fala exatamente sobre isso: acostumar o organismo com o novo ambiente. Iniciar essa organização de horários é necessário e é muito mais eficaz se você fazê-la com pelo menos três semanas de antecedência.

Você quer uma dica prática para fazer tal iniciação? Vamos lá! Acorde no meio da madrugada, tire o pijama, escove os dentes, use um pouco o computador e depois volte aos seus trajes de sono e aos sonhos. Isso ajuda pois torna o corpo mais flexível em relação aos horários e por isso menos sofredor aos sintomas do jet lag.

Opte por chegar durante o dia

Eu sei que nem sempre é possível escolher o horário de desembarque, mas quando o for, dê prioridade em comprar passagens onde os voos que tenham o seu destino final programado para chegar durante o dia. É dessa forma que o seu corpo vai se familiarizar e se acostumar, com mais facilidade e menos sofrimento, ao novo fuso horário.

Evite tomar remédios para dormir

Muitas pessoas procuram o apoio de medicamentos para dormir, a fim de tentar acostumar o corpo com o novo fuso horário. Porém o que nem todos sabem é que tais remédios acentuam os sintomas do jet lag, além de, é claro, oferecer outros problemas ao usuário quando os medicamentos não forem receitados por especialistas.

Além dessas dicas, é necessário que você saiba que a ingestão de bebidas alcoólicas antes ou durante o voo também é prejudicial para o corpo, imagine só os efeitos do jet lag combinados com ressaca! Nada bom, certo?

Agora que você já sabe o que é jet lag, fica mais fácil se programar e estar 100% disposto durante a sua viagem! Lembre-se também de comer apenas alimentos leves durante o trajeto e de estar relaxado no voo.

E então, você já sofreu com os sintomas do jet lag? Como fez para driblá-los? Conte para mim por meio da caixa de comentários abaixo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados

Fale o que você pensa

Translate »