câmbio para viagem

Afinal, como fazer câmbio para viagem de maneira segura?

Qualquer viagem começa dependendo de apenas uma coisa: dinheiro! Por isso, é natural que uma das maiores preocupações do viajante seja exatamente com o câmbio para viagem. Afinal, ele não só vai influenciar no sucesso do passeio, como também o quanto o turista pode gastar.

Seja a trabalho ou lazer, entender e fazer o câmbio de moedas é essencial para que o orçamento funcione como deve. A seguir, vou mostrar como você pode lidar com o câmbio e fazer seu dinheiro valer muito mais!

Afinal, o que é taxa de câmbio?

Taxa de câmbio é o valor na moeda nacional para comprar uma unidade de moeda estrangeira. O câmbio trabalha com duas cotações: comercial e turismo. Sendo a de turismo geralmente mais cara, porque envolve dinheiro em espécie. Infelizmente, é essa que você vai ter que usar durante sua viagem.

Outra coisa que preciso explicar e você tem que gravar bem: não se engane com a placa de valores da casa de câmbio. O preço de compra é o quanto a casa de câmbio paga para você, caso você queira trocar dinheiro. O preço de venda é o que você precisa pagar se quiser comprar moedas, e vai ser maior que o preço de compra.

O que são moedas fortes e fracas?

Há diversas moedas, e é bom que você conheça bem a do seu destino para não cometer erros. Moedas fortes são aquelas valorizadas mundialmente, como o Euro e o Dólar americano, que dita o mercado financeiro.

Como exemplos de moedas fracas, podemos pensar na maioria das latino-americanas, pois não são fortes mundialmente e, quando se compara com a nossa, valem menos que o real. Entretanto, cuidado! Isso jamais significará que você vai chegar ao Chile, por exemplo, e só porque 1 real vale aproximadamente 170 pesos, estará rico. O custo das coisas pode ser tal que você poderá comprar um simples sanduíche por 1200 pesos, algo em torno de 7 reais.

Para a viagem, é importante saber se o seu destino valoriza o real. Se sim, você pode conseguir boas taxas de câmbio lá. Se não, leve moedas fortes. Pode compensar você comprar dólares no Brasil, chegar ao destino e vendê-los a uma taxa melhor, do que comprar as moedas do país aqui. Isso porque na casa de câmbio — ainda mais se a moeda for difícil de achar — você pode estar pagando uma porcentagem bem maior na conversão.

Como conseguir um bom câmbio para viagem?

Você deve, antes de tudo, planejar. Vai dar trabalho, mas pesquise muito sobre para onde você vai, o que quer fazer e quanto custa. Depois, você precisa acompanhar o câmbio para decidir o melhor momento de comprar a moeda estrangeira.

Em seguida, você deve buscar onde comprar. Não tenha preguiça! Pesquise no máximo de locais e garanta um bom preço. Caso você precise trocar quando já estiver viajando, saiba aonde ir, porque pode haver até casas de câmbio com notas falsas. Não significa, porém, que a melhor opção seja nos aeroportos ou pontos turísticos, pois esses locais geralmente costumam ter taxas mais altas.

Quais são as formas de levar dinheiro?

Há diversas soluções para transportar dinheiro em viagens. Você pode simplesmente levar em espécie, mas além de não ser seguro, pode haver taxas da receita federal acima de R$ 10 mil reais ou o equivalente em moeda estrangeira. Contudo essa opção é boa por cobrar um IOF de apenas 0,38%. Para as próximas três opções, essa tarifa sobe para 6,38%, além das taxas administrativas.

As outras opções são: cartão de débito (vai considerar o câmbio do dia), cartão de crédito (a cotação ainda é no fechamento da fatura, mas pode ser vantagem em programas de milhagens) e cartão pré-pago (multimoeda, mas tem taxas de recarga e de saque também).

Não existe melhor ou pior forma de levar dinheiro, pois todas têm vantagens e desvantagens. O ideal é usar mais de uma para não ter nenhum imprevisto desagradável. Mas, independentemente de qual você use, sempre considere o câmbio para viagem como o início para que o resto funcione.

Gostou do post? Então compartilhe-o nas redes sociais — Facebook, Instagram e Twitter — e ajude outros viajantes como você!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados

1 Comentário

    Hmm it appears like your site ate my first comment (it was super long)
    so I guess I’ll just sum it up what I had written and say, I’m thoroughly enjoying
    your blog. I as well am an aspiring blog writer but I’m still new to everything.

    Do you have any recommendations for newbie
    blog writers? I’d really appreciate it. http://www.mytripjournal.com/travel-892476

Fale o que você pensa

Translate »